Akai Ito - Fio Vermelho do Destino


Akai Ito ou fio vermelho é uma lenda chinesa, e de acordo com este mito os deuses amarram uma corda vermelha invisível nos tornozelos dos homens e mulheres que estão destinados a ser a alma gêmea um do outro. Deste modo, aconteça o que acontecer, passe o tempo que passar, essas duas pessoas que estiverem interligadas irão se encontrar!

"Um fio invisível conecta os que estão destinados a conhecer-se
Independentemente do tempo, lugar ou circunstância
O fio pode esticar ou emaranhar-se
mas nunca irá partir."
- Antiga crença chinesa

A lenda , desde então, também se tornou um mito popular na cultura japonesa e história fala sobre um fio invisível que é amarrado no dedo mindinho de duas pessoas que estão destinadas a viverem juntas para sempre. É como uma ligação espiritual que representa o amor eterno.

Há várias versões dessa lenda, mas uma das histórias que envolve a versão chinesa da lenda, consiste basicamente no seguinte:

"Um garoto estava caminhando para casa à noite quando ele se encontrou com um velho homem, Yue Xia Lao, descansando sobre a luz do luar (se acredita que Yue Xia Lao ou Yuelao é o deus lunar incumbido pelos casamentos). Este então lhe revela que o garoto está ligado a sua futura esposa por uma corda vermelha, e então mostra para ele a garota com quem está destinado a se casar. Por ser jovem e não ter interesse em se casar, o garoto pega uma pedra e atira com força na garota, fugindo em seguida para longe.

Muitos anos então se passam e o garoto agora já é um jovem homem, quando seus pais arranjam um casamento para ele. Na noite de seu casamento, quando ele vai encontrar com sua esposa no que seria o quarto deles, ela está lá sentada com um véu tradicional lhe cobrindo a face.

O jovem homem já sabia do fato de que sua esposa era conhecida como uma das mais belas mulheres do vilarejo, contudo, esta sempre vivia com enfeites em sua sobrancelha. Curioso, ele lhe perguntou o porquê de tal enfeite, e ela lhe respondeu que aquilo era porque, quando ela era jovem, um garoto atirou uma pedra nela, o que causou um corte profundo, deixando-a com uma cicatriz no local. Então, ela usava enfeites na sobrancelha para cobrir a cicatriz. Logo, a mulher nada mais era do a mesma garota que o Deus Yue Xia Lao havia lhe dito que seria destinada à ele, ainda na sua infância."

Mais uma versão:

Um homem estava descendo a montanha para visitar a mulher com quem ia casar, quando um senhor apareceu na sua frente e disse:
''Sendo do Meikai, posso ver que seu fio vermelho liga a outra pessoa. Você não está ligado a aquela que está indo encontrar. A pessoa pelo qual está ligado é aquele bebê.'' - disse isso apontando para um bebê que estava deitado no colo de sua mãe. 

O homem ficou louco de ódio, porque amava sua noiva e mandou o seu criado matar o bebê, ateando fogo na casa em que o mesmo morava.

Porém como o homem e a sua noiva não estavam conectados, ele foi muito infeliz durante todo casamento, até que vem a se tornar viúvo. Haviam se passado vários anos e quando voltou a subir a montanha encontrou uma linda mulher e sem saberem o que tinham acontecido no passado, os dois se apaixonaram perdidamente e se casaram, descobrindo a felicidade que nunca teve. Por se amarem, e para não ter segredo o homem contou tudo o que havia feito no seu passado.
  
A jovem começou a chorar, e entre soluços disse:
- Aquela garotinha era eu, perdi tudo, meus pais, irmãos... Mas minha mãe me embrulhou em um pano molhado e me salvou. A verdade era muito dolorosa e resolveram se separar. 
O velho na verdade era um deus conhecido como Xia Lao Yue, ficou muito triste com os dois, porque o amor era sincero.
 Então, amarrou no tornozelo do homem e da jovem um fio vermelho,
na esperança de que os dois se encontrem novamente...

Há uma narrativa sobre o assunto que chama bastante atenção. Trata-se do relato de uma mulher, que apesar de não falar nada sobre da lenda em si, dá a entender que acredita, de certa forma, na veracidade da mesma.

"Hoje, eu fui para a cerimônia de graduação da minha irmã. Eu estava muito feliz por ter a chance de me encontrar com meus amigos, que também são meus ex-colegas de curso (minha irmã e eu estudamos na mesma universidade). Então, eu me encontrei com a “T”, que se casou no início deste ano e está grávida de seu primeiro filho. Ao vê-la, eu me lembrei da história de um outro amigo meu da minha época de Ensino Médio, “K”, que era apaixonado por “T” desde o ginásio. Ele me disse que ele tentava conquistá-la desde então, mas ela nunca viu nele algo mais do que um amigo. Os anos se passaram e ele ainda continuava esperando por ela. Daí como todos nós tomamos nossos próprios caminhos, eu acabei não escutando mais nenhuma noticia sobre “K”. Enquanto eu continuava caminhando com a minha irmã, eu acabei encontrando com “T” de novo, e ela estava com seu marido, que para minha grande alegria era o “K”! Não importa o quão longa foi a espera, pelo jeito “T” estava mesmo destinada a ser sua “Akai Ito” (linha vermelha). Eu desejo para ambos o melhor em sua vida de casados e que estes abracem o novo mundo da paternidade."


Os fios não determinam quando e onde a metade será encontrada, diz que apenas será encontarda. Pois, o destino vai unir os dois, mas as duas partes vão fazer o possível para se encontrar. Não importando o tempo que leve. E a distância jamais vai separá-los, por estarem unidos por algo mais forte, que nunca se parte.

Vale ressaltar que uma pessoa somente pode estar conectada a uma outra pessoa por vez, pois não há como uma mesma pessoa possuir duas ou mais almas gêmeas ao mesmo tempo, a cada um está reservado apenas um destino...

Fonte: Medo Sensitivo

0 comentários:

MAIS POSTAGENS *--*